Header Ads

Confira o que rolou no Maite Perroni e Daniel Arenas Intimates


Maite Perroni animou os fãs brasileiros neste fim de semana. A mexicana participou de várias atividades no evento ‘Intimates’ com fãs, algumas ao lado do ator convidado Daniel Arenas. No evento a atriz pode interagir com os fãs, tirar fotos e até cantar seus maiores sucessos em um pocket show no final. Confira algumas fotos e vídeos:


  

 (Clique nas imagens para ampliar)

Na sala de imprensa a ex-RBD falou sobre a música e a atuação em sua vida. Perguntada sobre se preferia atuar ou cantar, a musa apontou que tem a sorte de poder conseguir conciliar as duas coisas:

 “Eu adoro as duas coisas (atuar e cantar). A atuação me apaixona, eu adoro poder dar vida a um personagem. E com a música eu me divirto, é algo que me enche de felicidade. Acho que até o momento tive a sorte de poder fazer as duas coisas. ”

Daniel Arenas ainda complementou e elogiou sua amiga de trabalho: “É um privilégio para um ator poder cantar e que aceitem como cantor ou vice-versa. Muitas vezes o povo não gosta, no México é complicado que aceitem mesmo que façam as duas coisas bem, Maite tem a sorte de que o povo a apoie nas duas artes”.

Daniel Arenas, par romântico da Maite em ‘A Gata’, falou sobre as novelas brasileiras e o desejo de trabalhar em uma:

Eu adoraria poder trabalhar [em novelas brasileiras]. Acho que o Brasil é um exemplo em novelas, é algo admirador, seja em histórias, atuações ou interpretações. Brasil sempre foi pioneiro para todos nós, adoraria poder trabalhar em uma produção brasileira. Acho que o idioma não é um impedimento, posso aprender. Brasil está fazendo coisas maravilhosas, não só em novelas, como também em séries e outras produções”.

Maite comentou sobre sua relação com os ritmos latinos na música, como por exemplo o reggaeton. O ritmo está em alta no momento e a pisciana vê como uma oportunidade para poder mostrar seu trabalho:

Sobre o reggaeton, estive conversando com a minha gravadora a respeito do que gostaria de fazer musicalmente. E como sempre falei para vocês, comecei com a bachata em um disco que teve uma mistura de ritmos como pop e balada. E deste modo, minha proposta desde o início foi em fazer coisas diferentes para poder ter a oportunidade, como latina, de poder-me expressar em qualquer gênero ou forma da nossa comunidade, que implica em vários países, costumes e ouvidos diferentes. O meu dueto de Loca com Cali & El Dandee foi feita de maneira orgânica, natural e cheio de energia. Já estou pensando qual próxima música que irei gravar neste estilo para poder seguir crescendo.

 

 (Clique nas imagens para ampliar)

Questionada sobre a possibilidade de lançar as músicas Love e La Promessa em versão estúdio, Maite Perroni acentuou: “Tenho muita vontade de lançar essas duas canções de presente para os meus fãs. Ambas eu já compartilhei com eles nos shows, inclusive "Love" eu cantei pela primeira vez aqui no Brasil. Tenho que pensar como vou fazer isso, de pronto o que posso dizer é que essas semanas que virão serão decisivas. Vou trabalhar bastante o novo single [Loca], pois está sendo bem aceita, mas já vou entrar em reunião com a minha equipe e gravadora para escolher o próximo single”.

Outro ponto importante da entrevista, foi quando a cantora disse a respeito de ter participado da Marcha Del Orgullo Gay do México nesse ano: “Para mim foi um prazer poder representar e estar presente nessa causa tão nobre. Mas devemos lembrar que temos que ter responsabilidade em nossas vidas, principalmente na sexual”.


A gata também disse que desde o RBD vem erguendo essa questão, onde dizia: “Não importa sexo, cultura ou religião, somos todos iguais”.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.